Brusqueta-de-queijo-de-cabra-com-figo-e-mel de-flor-de-laranjeira-com-nozes-e-açafrao-provencal-gourmet

Provençal Gourmet

A Provençal Gourmet nasceu do prazer em proporcionar às pessoas um toque gourmet aos seus pratos. Criada no final de 2014, tem inspiração na região da Provença (França) com toque mineiro.

São azeites, vinagres, mel e açúcares aromatizados, geléias, compotas, conservas, temperos especiais e pratos secos para serem finalizados em casa.

As receitas são feitas com ingredientes selecionados e diferenciados, sem uso de conservantes ou aditivos, resultando em produtos naturais de alta qualidade.

Chef

Bárbara Campos, mineira, é filha de bibliotecária e socióloga chocolateira e de pai economista apaixonado pela cozinha. Talvez tenha nascido daí a paixão pela gastronomia, um encantamento que só fez aumentar ao longo dos 33 anos de vida. Na PUC ser formou em administração. Com diploma na mão, largou tudo para fazer o curso de cozinheiro no Senac. Tempo suficiente para ter a certeza de que a cozinha era o lugar onde queria estar e sairia para voar, ganhar o mundo. Com a cara, a coragem e dois passaportes, o brasileiro e o italiano, bateu as asas até Paris e por lá ficou durante 4 anos. Voltou para o Brasil depois de ter passados por diversos restaurantes e pela Escola Superior de Cozinha Francesa - Ferrandi, a melhor de Paris! Em meados de 2013, retorna à terra natal com uma única certeza: iria empreender na área gastronômica.

 

 

chef-barbara-campos-provençal-gourmet
provença-provencal-gourmet

Provença

Provença, no sudeste da França, entre mar e montanhas, é uma região de luz e cores vibrantes. Inclusive sua gastronomia é conhecida como "cuisine du soleil" - cozinha do Sol, reflexo da diversidade de frutas e legumes coloridos, ricos em sabor.

Influenciada pela cozinha mediterrânea, mais especificamente pela cozinha italiana; sofre também influências árabes. Entre os pratos mais tradicionais estão: ratatouille (legumes cozidos no azeite), bouillabaisse (sopa de peixe), pissaladière (pizza sem tomate, de compota de cebola, anchova e azeitona preta), anchoïade (molho de anchova e alcaparra), aioli (molho de alho e azeite), tapenade (antepasto de azeitona e alcaparra), sopa ao pesto, fougasse (pão), etc. A bebida típica é o pastis, composto de extratos naturais de plantas macerados em álcool, tradicionalmente o anis estrelado e o alcaçuz.

Região dos azeites e das ervas aromáticas, os campos de lavanda exalam seu perfume e proporcionam paisagens de tirar o fôlego. As ervas de Provença, famosas no mundo todo, incluem em sua receita original folhas e flores de lavanda.

Na Provença não é preciso sentar numa mesa Michelin para comer bem. Os mercados de rua oferecem diversos produtos regionais tão frescos que temos a impressão de terem sido colhidos ou pescados na hora. E na Provença, todo dia é dia de feira!

Minas Gerais

Minas Gerais é um dos 27 estados brasileiros. Localizado na região sudeste, é do tamanho da França. Sua topografia é constituída por muitas montanhas e, apesar de não ter mar, abriga as nascentes de alguns dos principais rios do país. Com clima tropical, possui fauna e flora extremamente ricas. Devido às maravilhas naturais e o patrimônio histórico é um destino turístico importante. As celebrações religiosas e a culinária típica são algumas das razões para se apaixonar por essa terra singular.

A culinária mineira é de uma diversidade inacreditável. Em cada canto do estado encontra-se um prato típico, que sempre leva um legume, fruta ou tubérculo local. A mandioca e o milho se destacam, pois são usados em abundância. Algumas das comidas mais tradicionais são feijão tropeiro, angu, tutu de feijão, torresmo, canjiquinha, frango ao molho pardo, frango com quiabo, arroz com pequi, vaca atolada, leitão a pururuca, costelinha com couve... O café, o pão de queijo e os queijos artesanais são reis no café da manhã dos mineiros. Já os doces famosos são as compotas, doce de leite, goiabada com queijo e ambrosia. As bebidas se destacam a cachaça (aguardente da cana) muito produzida e consumida e o caldo de cana.

E como diz a canção: "Oh, Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais".

 

igreja-minas-gerais-provencal-gourmet